-->

Páginas

07 novembro 2012

Coisas de que gosto muito no meu ginásio novo


  • Não é um ginásio-talho, daqueles onde as pessoas vão, escolhem a peça de carne que querem e, mais tarde ou mais cedo, estão a comê-la.

  • Não há freaks do exercício, daqueles que batem as aulas todas e que se equipam como se fossem para o campeonato mundial de cromos do ginásio.

  • Há chocolates à venda no bar (mas nunca comprei).

  • O café é bom, não é nenhuma zurrapa manhosa.

  • Há revistas actualizadas no bar.

  • Não estou constantemente a dar de caras com gajas boazonas a desfilar os abdominais, fazendo-me sentir inveja (da má!).

  • As minhas colegas de ginásio são todas simpáticas (e qualquer dia estamos a trocar diagramas de crochet).

  • As minhas colegas de ginásio são avós dos colegas da natação da minha filha.

  • Os funcionários não são action-men bombados, carregadinhos de esteróides, são pessoas normais, a maioria com mais de 40 anos.

  • É muito mais barato que os ginásio-talho.

  • Os professores são simpáticos (mas têm abdominais daqueles bons para lavar roupa à mão, o que só prova que o exercício que fazem resulta).

1 comentário:

  1. ahahahah... ginásio-talho, muito bom!!

    O que me irritava profundamente (quando frequentei um ginásio desse tipo) eram as raparigas que faziam 3 e 4 aulas seguidas (eu só pensava... mas não têm mais que fazer na vida??) e que para cada uma tinha uma indumentária diferente, de preferência da cor da modalidade em questão!

    E confesso que sempre me senti de tal forma constrangida com situações dessas que nunca fui capaz de tomar banho no ginásio... (que parvoíce, nem parece que tenho 33 anos... mas é a verdade)

    ResponderEliminar

Obrigada!