-->

Páginas

05 novembro 2012

O dia do regresso

Voltei ao ginásio. Sou demasiado preguiçosa para me safar sozinha e está demasiado frio para eu conseguir combater a preguiça e tentar safar-me sozinha. Posto isto, se ando certinha a levar a miúda à natação duas vezes por semana, não há por que não fazer o mesmo comigo. Que é como quem diz, tolerância zero para desculpas da treta e para tentativas de auto-boicote.


 


Levei a coisa ao limite do ridículo e, antes de sair de casa, pesei-me, medi-me e fotografei-me. Se é para a desgraça, é para a desgraça! Que se lixe. (Vou ficar com provas da foquice, mas adiante!). Cheguei lá e comecei bem: a olhar para um espelho gigante e a pensar que tenho alforges. Ah, afinal não... são só as minhas ancas. Bifes a eliminar, bem entendido.


 


Portanto, miss Marianne toda feita para ir fazer a aula de spinning e... horário novo. A aula de spinning já estava a acontecer e o que havia a seguir era localizada. Seja, localizemos. Calha que o ginásio é pequeno (não é nenhuma super-potência dos ginásios, daquelas que mete holmes e place no nome, nem nada que se pareça - os preços, thank god, também não têm nada a ver!) e que o material é, vá, escasso. Não havia elásticos fraquinhos para toda a gente. Adivinhem a quem calhou o brutamontes dos elásticos? Pois. Puxa daqui, levanta dali, aperta o abdominal, flecte as pernas, senta nos calcanhares, agacha... ó porra, no que é que eu me vim meter??? Bom, sobrevivi. Toda empandeirada, mas sobrevivi.


 


Já no balneário, a professora apanhou-me de surra, conversámos um bocadinho. Amanhã, mais do mesmo na versão body balance, que é aquela coisa que, parecendo fraquinha e inofensiva, mexe em músculos que não sabemos que temos. Been there, done that. E vou repetir.


 


Eu achava que ia ao ginásio 5 dias por semana. Com a mudança de horário, não. Vou 6 dias - SEIS! Ah, granda maluca... Vamos ver até quando é que isto dura. Para já a ideia é fazer aulas à hora de almoço e depois ao sábado de manhã, na companhia da BFF. O sortido inclui spinning, localizada (arghhh!), balance e pump. Se não morrer do mal, morro da cura.


 


Para já, só não sinto os quadricepes. Nem os trícepes. Nem os abdominais. Maravilha...!


 


(Já sei, já sei: é sinal de que fez efeito...!)

5 comentários:

  1. Como diz o meu monitor lá do ginásio as dores devem-se à falta de uso (tenho momentos em que tudo me dói, estou prestes a cair redonda no chão e mandá-lo pastar e diz-me estas coisas). Até sei que tem razão, mas quando dói não é agradável. O bom da coisa é que passa e depois até nos brilham os olhinhos quando nos olhamos ao espelho :)

    ResponderEliminar
  2. eu acho que o que tu queres dizer é que sentes os bicepes, tricepes and so on... mais do que gostarias ;)
    sábado, lá estaremos!!!

    ResponderEliminar
  3. toma uma aspirina depois do treino e vais ver q ajuda!

    ResponderEliminar
  4. Se eu tomar uma aspirina acho que nunca mais tenho uma dor na vida. Sou alérgica... ;)

    ResponderEliminar

Obrigada!