-->

Páginas

23 janeiro 2013

Fresh (re)start

Ando a sentir-me meio... encurralada. Não gosto. Sinto que ando a desperdiçar a minha criatividade. Apetece-me fazer coisas giras. Sair da bolha. Inovar. Conhecer. Sair do marasmo. E já sei o perigo que sou quando me sinto assim...


 


Há bocado abri os meus armários e pus-me a olhar. Não consigo pensar fora da caixa. Carradas de roupa que a) já não me serve, b) não está nas melhores condições, c) não sei como usar, d) já não gosto, e) é de verão e eu estou farta do inverno - nunca hão-de ouvir-me queixar do verão, mas do inverno, oh, sim!


 


Precisava de desbloquear a minha veia anti-moda, anti-roupa, anti-embalagem. Precisava de um par de olhos exteriores que olhasse para esta tralha toda e me dissesse assim: isto vai para o lixo, isto vai para alterar, isto usas com aquilo. Precisava, all in all, que me saísse o euromilhões para pagar a quem me fizesse esta triagem fria e distante. É que eu acabo por criar uma relação de dependência com a minha roupa. É raro deitar coisas fora (só mesmo se estiverem em MUITO mau estado; se não estiverem continuo a usar, nem que seja por baixo de outras coisas). É raro escolher o que já não gosto e/ou não me serve e dar essa roupa (porque acho sempre que hei-de voltar a gostar e que hei-de emagrecer). Precisava de uma Stacy e de um Clinton só por duas horas... Arghhhhh!!


 


De caminho, precisava de me atirar para as mãos do "meu" Renato e sair de lá outra, com um ar diferente, menos pesado, menos apagado, menos suburbano, menos brega.


 


Resumindo e baralhando: ir ao Chiado (como fui hoje) faz-me mal!

4 comentários:

  1. Às vezes o difícil é mesmo começar. E se deitares fora algumas das peças que já não gostas mesmo ou das que não estão boas? Seria um começo, e provavelmente já te irias sentir um pouco mais leve e, quem sabe, entusiasmares-te para continuares... Ai que a Stacy e o clinton davam um jeitaço, bem como o cartão que trazem com eles! :P

    ResponderEliminar
  2. E eu, se soubesse escrever, teria escrito isto! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Não me leves a mal, mas secalhar precisas dum bocadinho mais que isso. Precisas dum workshop ou dum aconselhamento personalizado para além da organização do guarda roupa atual. Ou daqui a uns tempos estarás na mesma. Precisas de ganhar uma nova visão sobre a moda e sobre ti mesma :)

    ResponderEliminar
  4. Como eu compreendo! A solução era mesmo uma Stacy e um Clinton... ou melhor, uma auto-renovação do guarda-roupa! (é que também odeio ir às compras...)
    Beijinhos e parabéns pelo blogue, que é viciante.

    ResponderEliminar

Obrigada!