-->

Páginas

19 abril 2013

E quando...

E quando o produto de uma sessão fotográfica nos põe a chorar? O que é que fazemos?


 


Às vezes tenho pena de me recusar terminantemente a expor fotografias dos meus filhos na internet. Agora, por exermplo. É que acabei de receber as fotos da Célia Lopes e... sim, comecei a chorar... E não me acontece muitas vezes. Mas ali, naquelas fotografias, está amor, está este nó apertado, impossível de desatar, que me une aos meus filhos. Ali está exactamente o que somos os três, quer a solo, quer juntos. A Célia conseguiu captar a essência do que somos. Mesmo. E não é fácil. Aconteceu-me uma vez, com as fotos da Lia, mas é diferente - a Lia conhece-nos, é da casa. A Célia conheceu-nos no dia em que fotografámos e conseguiu captar aquele fiozinho invisível que nem sequer consigo explicar bem. 


 


Só vos digo: a Célia vale MUITO a pena!!

1 comentário:

  1. Ora aí está algo que ainda não fiz e quero muito: uma sessão fotográfica com o Bebé A.

    Mas quando a fizer, será igual; não partilho :D

    ResponderEliminar

Obrigada!