-->

Páginas

08 maio 2013

Quando a realidade se aproxima da ficção

Três raparigas desaparecidas durante 10 anos. Uma casa insuspeita num pacato bairro residencial de Cleveland, Ohio. Três irmãos de origem hispânica com 50, 52 e 54 anos. Um dia, depois de um dos irmãos sair de casa, uma das raparigas grita. Pede ajuda a um vizinho. O vizinho arromba a porta e retira-a da casa, juntamente com uma criança de 6 anos. Ligam para a polícia. São resgatadas mais duas raparigas.


Ficção? Não. Realidade.


 


[E eu acompanho isto e sinto-me a ler um dos meus policiais. Com a angústia de saber que isto não acontece só na cabeça de alguns escritores. Isto acontece cá fora, no mundo real.]

3 comentários:

  1. Tal e qual! Uma história completamente... surreal... Mas que aconteceu. Mesmo. 10 anos ali presas? Sem ninguém 'dar por nada'? Uma história arrepiante.

    ResponderEliminar
  2. arrepiante. acho que é por causa da realidade com que nos deparamos todos os dias ao ouvir um noticiário ou ler um jornal que demorei tanto tempo a render-me aos policiais "a sério", os da ficção.

    ResponderEliminar
  3. e eu a de um dos episódios das muitas séries policiais que vejo!

    ResponderEliminar

Obrigada!