-->

Páginas

08 maio 2013

Transpiração vs inspiração

Uma pessoa estabelece um objectivo. Atribui-lhe um deadline. Divide o objectivo pelos dias que tem disponíveis. É exequível. Senta-se a trabalhar para cumprir o seu objectivo. Nada. Vazio total. Tem a ideia inicial, que precisa de desenvolver. Como? Não sabe. Para onde é que vai? Não sabe. Sabe um ou outro ponto onde o seu trabalho deve tocar, a bem da ideia inicial. Mas os caminhos disponíveis são inúmeros e escolher um significa recusar todos os outros. Ainda assim, a espaços, surge a inspiração. Usa-la. Escreve. Objectivo do dia cumprido. Dia seguinte. Pegar no ponto anterior. Inspiração? Ausente. Objectivo? A piscar insistentemente na cabeça. Deadline? Cada vez mais próximo. Ainda assim, quando deixa cair o medo de não conseguir cumprir op objectivo a que se propôs, a pessoa leva avante o seu trabalho. A sua história. Medida em palavras. O caminho é longo. O tempo é curto. Mas já não falta tudo...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!