-->

Páginas

25 julho 2013

"Se caíres ainda apanhas por cima!"


Deixem ver se percebi: arrasa-se a economia com impostos e taxas e afins, tira-se poder de compra às famílias e no fim a culpa da crise é das famílias, que gastaram menos do que era previsto pelo Estado...

Portanto, martelaram-nos o juízo e disseram-nos que a crise se devia a nós, que andámos a viver acima das nossas possibilidades (portanto, a comprar o que podíamos e o que não podíamos pagar) e agora que andamos a viver dentro das nossas possibilidades (ou seja, a comprar pouquíssimo porque não há dinheiro para mais) a culpa da crise ser ainda mais forte também é nossa?... 'Tá certo... (Perdeu uma óptima oportunidade para estar calado, parece-me...)

2 comentários:

  1. Queres dizer que perdeu MAIS uma oportunidade para estar calado...

    ResponderEliminar
  2. nem tenho capacidade para comentar tal coisa :|

    ResponderEliminar

Obrigada!