-->

Páginas

30 agosto 2013

Então e filmes?


"Reservation Road", Terry George, 2007


 


Duro. Óptimas interpretações do Mark Ruffalo, do Joaquin Phoenix e da Jennifer Connely. Este filme não me saiu da cabeça durante uns dias...


 



"Blood Work", Clint Eastwood, 2002


 


Ora... é Clint Eastwood e vale muito a pena, pronto.


 



"The Dead Girl", Karen Moncrieff, 2006


 


A Toni Collette é uma actriz do caraças e aqui mostra-o bem. O filme é meio noir, muito decadente, mas muito cru também. Está classificado no IMDB como Drama/Thriller e é isso mesmo: por um lado há um crime que vamos percebendo com o desenrolar da história (mas isto não é um policial) e por outro há o drama de várias pessoas envolvidas na teia deste crime. Muito, muito bom.


 



"Love & Other Drugs", Edward Zwick, 2010


 


Coisa levezinha (ou nem por isso...). Filme de sábado-à-tarde, é certo. Mas tem o senhor Gyllenhaal e a sua super-sexyness. E tem a Anne Hathaway que, mesmo a fazer filmes mais básicos, é boa. E a história não é assim tão levezinha, se pensarmos um bocadinho sobre ela...


 



"Black Swan", Darren Aronofsky, 2010


 


Este filme é perturbador. Andava há que tempos para o ver, mas já sabia que tinha que estar no mood certo... e não me enganei. A Portman merecia ganhar mais uns 20 Oscars por este filme! Que papelão! E a Mila Kunis... acho que "sofre" do mesmo mal do Brad Pitt: é demasiado gira para ser levada a sério. Só que depois prova que é uma actriz brilhante e sobe ali uns patamares e passa a ser vista como óptima actriz e não apenas como uma carinha bonita. Ah, e isto ainda tem o Vincent Cassel, que não há maneira de estar mal num filme que faça! Imperdível!

3 comentários:

  1. OLÁ Lénia !
    Onde ainda consegues ver esses filmes? eu via no wareztuga... mas fechou!!
    bjs
    Teresa

    ResponderEliminar
  2. Os outros não vi, mas gostei muito do 'Love & other drugs' e realmente se pensarmos um bocado na história e nos desenvolvimentos acaba por nos levar a mudar um bocado a perspetiva!!
    O 'Black Swan' foi um murro no estômago. Em primeiro lugar porque o vi sozinha num país estrangeiro na versão original com legendas em alemão - there is always a first time! Em segundo lugar porque não esperava tantas reviravoltas da história e tanta intensidade da Natalie Portman. Sei que ela faz tudo tão perfeito que até mete medo e esta Nina é perturbada ao máximo!
    Devo dizer, em louvor ao filme!!, que o caminho para casa às 11 da noite foi quase a correr a olhar para trás de minuto a minuto...

    ResponderEliminar
  3. perturbador é a palavra certa para "Black Swan". vi-o na altura em que estreou e ainda hoje não estou certa de ter gostado.

    ResponderEliminar

Obrigada!