-->

Páginas

02 agosto 2013

Exotismo

Adoro aquelas pessoas que chegam ali a Marrocos e que, assim que apanham um espécime vestido com uma djellaba, toca a pedir para tirar a foto da praxe. E fazem aquela figurinha triste do sorriso heróico, braço por cima da pessoa, dedos da mão que sobra em "v", iupi, já tenho uma foto com um marroquino. E o marroquino ali com um ar de frete, como se nada daquilo fizesse sentido (na verdade, não faz). Sempre que vejo estas fotos lembro-me do zoo: parece-me sempre que os turistas que pedem para tirar estas fotografias consideram os habitantes locais uma espécie de bichinho exótico.


 


[E quem diz marroquino, diz chinês, tailandês, cossaco, nepalês, o que for. Não gosto. Acho que as pessoas - as que habitam os paraísos exóticos - merecem um bocadinho mais de respeito e de consideração. E merecem ser tratados como pessoas e não como atracções turísticas.]

2 comentários:

  1. PErcebo o seu ponto de visto, mas acho que as pessoas o fazem porque quando vao para um pais onde a cultura e tao dfierente, isso significa que as pessoas sao diferentes e isso talvez as encante. Quando fui a China, os chineses pediam constantemente para tirar fotografias comigo (ou com qualquer outro ocidental), talvez porque era muito raro verem alguem assim. E eles ficavam tao mas tao felizes.

    ResponderEliminar
  2. Plenamente de acordo.
    Uma coisa engraçada que me aconteceu já por duas vezes, foi estar em viagem por países exóticos e pedirem-me A MIM para tirarem foto comigo (bem, e com as minhas amigas, num caso, e com o meu marido noutro, não sou eu que sou a superstar ehehe), por nós sermos para eles exóticos. Não fiquei chateada por isso, mas se calhar se fosse ao contrário - e fosse constantemente usada para exibição - não ia achar piadinha nenhuma.

    ResponderEliminar

Obrigada!