-->

Páginas

17 setembro 2013

Adaptações

No ano passado (isto é, no passado ano lectivo, que os meus anos são de Setembro a Agosto), inscrevi-me no ginásio e andei por lá, mais ou menos assiduamente, a fazer aulas de grupo: Localizada, Cycling, Body Pump e Body Balance. Aquilo ocupava-me as horas de almoço e, achava eu, gastava-me as calorias que ingeria em porcarias que não era suposto comer.


Depois, em Julho, cortesia das férias da filha, deixei de conseguir ir à hora de almoço e troquei as aulas de grupo pela sala de Cardio/Musculação, onde ia nas horas em que ela estava na piscina a nadar. Coordenámos a coisa para que o tempo desse para tudo e só isso já teria sido positivo. Só que, logo no primeiro dia, suei mais em 10 minutos de passadeira do que nas aulas de Pump todas que fiz (e que eram as únicas em que suava um bocadinho - mas pouco, que eu sou moça que, inconscientemente, gere o esforço por forma a nunca chegar ao limite).


Percebi que tinha andado a perder tempo. Ou antes, percebi que o tempo que gastei nas aulas de grupo não serviu o meu propósito de melhorar a forma física (com esse grande bónus que seria perder peso).
Depois de Agosto (mês em que o ginásio fecha), o regresso fez-se para a sala de Cardio. Deixei definitivamente as aulas de grupo e fui atrás do que realmente quero. Hoje fiz um treino acompanhado pelo instrutor e ele aproveitou para me fazer o plano de treino que vou seguir nos próximos tempos.


Eu sei que sou a pessoa mais indisciplinada que existe. E acredito em impossíveis - acredito, por exemplo, que devia perder os 8kg que ganhei num ano e que mantive em quatro anos, no curto espaço de dois meses, três já a ser generosa. É estúpido e não é realista, eu sei. E tento contrariar isto. Também sou indisciplinada com a comida. Escusam de me mandar passar fome que isso é coisa que já se viu que não resulta. Eu gosto de comer, preciso de comer e quero comer. Posso é comer melhor, e é isso que tento fazer.


Estou, portanto, no meu dia zero. Amanhã começo aquele plano de treino (só a parte que diz "início" é coisa para me matar do coração... mas se não conseguir fazer o tal início completo já amanhã, hei-de conseguir um dia destes). Da comida já não falo. Passei as férias a comer sem grande regra, só que o meu "sem grande regra" já não inclui massas nem batatas nem arroz. Já me habituei a uma série de coisas que estavam a milhas da minha alimentação e tem sido bom. O problema é quando me dão os apetites de doces... Esses sim, são difíceis de controlar. Mas hei-de conseguir. E mesmo que não perca peso e que me mantenha aqui alegremente nos 65kg, interessa-me mais ter resistência e conseguir, por exemplo, correr meia hora seguida. E não quinar cada vez que estico a corda para além do que estou habituada...

1 comentário:

  1. Para mim o segredo de me manter no ginásio é ter companhia e gostar do que estou a fazer. Quanto á companhia, como já lá estou há ano e meio já conheço mt gente e sinto-me sempre acompanhada. Em relação ás aulas é só o que faço porque morro de tédio nas maquinas :). Desde que descobri o Zumba não quero outra coisa e transpiras a bom transpirar.....ainda assim não tenho emagrecido mt ( 3kg em ano e meio ), mas já estou como tu, vou mantendo o peso sem grandes stresses e cada vez que me dá a gula como sem culpa pq sei que vou queima-las no ginásio. Bom ginásio :)

    ResponderEliminar

Obrigada!