-->

Páginas

04 novembro 2013

À antiga portuguesa

Já chegámos ao Manuel, ao António, ao José, ao Joaquim, à Maria da Luz, à Maria do Carmo, à Maria do Rosário (embora, no cado destas últimas, o objectivo seja chamar Carminho e Rosarinho às crianças).


Quando é que chegamos ao Januário, à Gertrudes, ao Emílio, à Josefina, ao Evaristo, à Isilda, à Joaquina, ao Gervário, à Antonieta?


 


[Eu sei: eu é que sou esquisitinha com os nomes. Se calhar é por vir de uma família repleta de nomes esquisitos, que estão mesmo a pedir para serem gozados...]


 


 

4 comentários:

  1. tenho que te sentar à mesma mesa que o meu marido. Geeez. Deixem as pessoas e os seus nomes em paz :p

    ResponderEliminar
  2. Realmente, é uma boa pergunta. Quando é que esses nomes chegaram? Lol

    ResponderEliminar
  3. Olá Lénia. Desta vez tenho de comentar ... E aconselho-te a reclamares com os teus mais próximos dos nomes"normais" que deram aos filhos. Sim porque os meus, já vão nessa fase ... Gabriela, Olívia , Gastão ... E crianças tão giras, que se a moda não pega vão ser tão gozadas, pela originalidade dos seus nomes. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. A minha mãe chama-se Joaquina e está sempre a dizer-me que o nome dela nunca mais vai voltar a estar na moda :D
    (ah, e uma irmã dela chama-se Isilda!)

    ResponderEliminar

Obrigada!