-->

Páginas

28 novembro 2013

Um postal de aniversário

A minha miúda lembrou-se há dias de se "queixar" de que nunca tinha recebido um postal de aniversário (por correio, isto é). A avó, que faz basicamente tudo o que ela pede (e mais um bocadinho) resolveu comprar um postal, escrevê-lo e enviá-lo para que ela o leia no dia de aniversário. Hoje coube-me a tarefa de ir enviar o postal. Antecipar a alegria dela perante aquele postal emocionou-me. Lembrei-me dos postais que ainda hoje guardo, enviados pelos meus avós aquando do meu aniversário, quando eles viviam no Alentejo e eu cá. A minha filha há-de guardar estes postais (plural, que acho que vai virar tradição) com o mesmo carinho com que eu guardo os meus - mais ainda agora, que os meus avós já não estão comigo. Estamos a construir-lhe as memórias e é tão bom...


 

2 comentários:

  1. Ainda tenho hoje muitos dos postais que recebi e, melhor, tenho os telegramas que o meu pai mandou à minha mãe durante a licença de maternidade dela :)

    ResponderEliminar
  2. Acho que vou fazer o mesmo! A minha filha adora este tipo de coisas, vai ficar feliz da vida se receber um postal na caixa de correio!

    (uma coisa tão simples que nunca me tinha ocorrido, obrigadinha pela ideia!)

    ResponderEliminar

Obrigada!