-->

Páginas

04 dezembro 2013

De volta

Ontem foi um dia do catano. Do cansaço extremo à vontade de fazer, com passagem por lágrimas impossíveis de controlar, houve de tudo. Bom, eu explico: tinha dormido quatro horas e precisava de terminar um bolo. Este bolo:



Andei a correr à velocidade que o cansaço me permitiu. Fui para Lisboa, entregar o bolo e participar, enquanto Mummy Blogger, numa acção do Barrigas de Amor na Casa do Gil. Ontem foi o 14º aniversário e nós fomos lá fazer a festa. E eu quebrei. Custa-me imenso ver crianças em situações destas, crianças que justificam a existência de instituições como a Fundação do Gil. Custou-me horrores controlar as lágrimas e, já no final, a dar a entrevista da praxe, não consegui mesmo controlar a coisa... Enfim, o que importa é que os meninos gostaram da festa: houve um duende a contar uma história e depois andaram por lá as mascotes do Barrigas e o próprio do Gil, coisa que os fez delirar e o bolo, tanto quanto me disseram, estava bom.

Voltar a casa foi um suplício. Liguei à minha amiga de todas as horas, a minha mãezinha querida, e pedi-lhe que me fizesse companhia no regresso a casa, sob pena de adormecer a conduzir e acabar espatifada contra um rail. Depois, já com os miúdos no carro, optei pela estratégia de cantar aos berros, com eles a rir à gargalhada e eu a conseguir segurar o sono.

 

2 comentários:

  1. Disseram que estava bom?!
    (o bolo)
    Estava espetacular!!!
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pelo bolo e por nunca baixar os braços! É uma mulher dos sete ofícios, beijinho e tudo de bom!

    ResponderEliminar

Obrigada!