-->

Páginas

02 dezembro 2013

Domingo de sol

Ontem esteve um dia fabuloso. E foi dia de passeio, cá para os nossos lados. De manhã, fomos à festa de natal da empresa da tia: em vez do tradicional circo, houve musical do La Féria. Fomos ver o "Robin dos Bosques" e adorámos! Nunca tinha ido ao Politeama. Achei lindo. A sala é linda, a cenografia estava muito boa, os figurinos eram espectaculares. O espectáculo em si vale muito a pena. Os meus miúdos adoraram e nós também.



Depois demos uma micro-voltinha pela Av. da Liberdade, só mesmo para aproveitar o solinho bom que estava. Voltámos à base com pit-stop num McDonald's (e dei por mim a pensar: os segundos filhos - e seguintes - são mesmo a desgraça total! A minha filha provou pela primeira vez uma coisa feita no McDonald's com quatro anos e meio. O mais novo, com 2 anos e 10 meses, já lá comeu uma mão cheia de vezes... e assim se foi a teoria de que McDonald's nunca antes dos 4 anos... A maternidade é profícua nisto de nos fazer quebrar teorias, não é?).



Quando chegámos a casa, vimos que a nossa rua este ano está a levar o Natal mesmo a sério! Aquilo parece uma battle de ruas! Eu explico: a minha rua divide-se em duas: a meio tem um micro jardim, que separa os prédios. Os comerciantes da outra metade da rua resolveram enfeitar as árvores que estão no passeio com fitas e bolas de Natal, mas não disseram nada aos comerciantes da metade da rua onde eu moro. Estes, picados, resolveram pôr árvores de Natal à porta de todos os estabelecimentos - a florista da rua ofereceu e eles alinharam. Além disto, há lá um cantinho onde alguém montou um presépio gigantesco que até zebras e elefantes tem. E ontem, ao pé do presépio, estava sentado um Pai Natal. Os meus miúdos foram lá falar com ele, ele deu-lhes chupas e gomas e conversou com eles (nem sei como não o reconheceram!! É um senhor amigo do senhor marido e eles costumam falar com ele quando o encontram!). Estavam delirantes!



À tarde, enquanto o pequeno dormiu a sesta, o pai e a filha trataram de fazer o Natal acontecer lá por casa. Nos entretantos eu fiz... CINCO bolos. Dois deles compõem o bolo que a miúda levou para a escola. Portanto, contas feitas, quatro bolos, dos quais só um não foi decorado... Acabei às 2h, completamente esgotada e sem sentir as pernas - tenho mesmo que deixar de fazer isto de pé, senão daqui a dias tenho um bocadinho de pernas nas varizes, em vez de ser o contrário!

2 comentários:

  1. Também vou ao Robin dos Bosques com o trio no dia 15, também Festa de Natal da empresa.
    5 bolos num dia?! Como consegues? Tenho mesmo que me organizar melhor! :-)

    ResponderEliminar
  2. Questão de linha de montagem, só. Fiz os bolos todos de seguida e, à medida que os ia tirando do forno, iam arrefecendo, ia recheando e cobrindo. Dois dos bolos transformaram-se num só: cada um fez um nível do bolo da Lãzinha. Mas se tivesse que os decorar todos com pasta de açúcar também não sei se me safava...

    ResponderEliminar

Obrigada!