-->

Páginas

03 janeiro 2014

A lição que a minha filha me deu na noite de ano novo

Nota prévia: a minha filha é a criatura mais maricas que conheço. Vide este exemplo, para atestar a coisa.


 


Noite de passagem de ano, virar da meia-noite. Miúda com as 12 passas na mão, a pedir desejos. Pediu que lhe caísse, naquela noite, o dente que andava a abanar há uns tempos. A coisa passou. Hora de dormir. Mandei-os lavar os dentes e fui atrás inspeccionar. Cheguei lá e estava a miúda a sangrar da boca, agarrada ao dente. E porquê? Porque resolveu puxá-lo e torcê-lo para ele sair. E o dente saiu. E o desejo que ela pediu realizou-se, embora, na verdade, tenha sido ela a dar conta do recado.


 


Olhei para aquilo e pensei na brutal lição que ela tinha acabado de me ensinar: queres muito uma coisa? Vai lá e faz acontecer! Não fiques à espera que a coisa se dê por obra e graça do Espírito Santo.


 


[Obrigada, filhoca!]


 

4 comentários:

  1. Tenso sorte que ela fez isso só com um! :) A minha Guerreira já o fez com 4, do alto dos seus 5 anos. Estou em crer que tem que ver com a vinda da fada dos dentes!

    ResponderEliminar
  2. É isso mesmo...! Vou tentar lembrar-me disso também.

    ResponderEliminar
  3. válido para um dente a abanar como para a maior parte das coisas que queremos na vida. força! :)

    ResponderEliminar
  4. :D

    Como este post me tinha passado despercebido???

    É isso mesmo! Quando se quer algo, toca a tomar atitudes para as coisas se realizarem! :)

    ResponderEliminar

Obrigada!