-->

Páginas

24 abril 2014

Um pequeno-almoço especial

A Topázio convidou-me para um pequeno-almoço catita, na quarta-feira passada. Fui sem expectativas, algo surpreendida pelo convite (confesso!), mas disposta a ver do que se tratava. Bom, para começar, cheguei atrasada (acidentes, um GPS com vida própria, uma recepcionista de hotel que fez o favor de me mandar para um pequeno almoço de uma revista de imobiliário e a minha natural tendência para não chegar a horas a lado nenhum... tudo a ajudar à festa!). Não ouvi, portanto, o início da conversa mas, quando cheguei, falava-se da história da marca, da maneira de trabalhar. Bom, amei. Achei interessantíssimo - só conhecia a marca de nome, mas gostei mesmo de ficar a saber mais acerca desta empresa portuguesa que tem passado de pais para filhos, geração atrás de geração, desde há 140 anos.

Mostraram-nos muitas peças e se há algumas que não fazem o meu género (que não sou a pessoa mais clássica que existe), há outras (muitas!!) que são a minha cara, de tão intemporais. A marca foi querida e ofereceu-nos escravas (porque o pequeno-almoço teve o Dia da Mãe como tema). A que me calhou era igual a uma que tenho há anos e que abduzi à minha mãe, que não a usava e que a tinha herdado de uma prima. Pedi para trocar e... maravilha! Amo a escrava que trouxe e que foi estreada... nesse mesmo dia!

Espreitem aqui a colecção de escravas - gosto mesmo delas, e acho que fazem um presente de Dia da Mãe muito, muito bonito (e nada caro, já agora!).

[Obrigada, Topázio!!]

5 comentários:

Obrigada!