-->

Páginas

04 junho 2014

Penteados

Lá no centro de dia ginásio que eu frequento, as senhoras fazem penteados. Tomam duche, secam-se, vestem-se, munem-se de várias escovas de enrolar e de secadores de viagem e vão para o espelho fazer penteados. Problema disto? O balneário só tem duas tomadas. E o penteado, quando já se tem uma certa idade e pouca mobilidade nos braços, é coisa que demora muito a fazer.

Ontem, por exemplo: saí do duche e sequei-me, pus creme, vesti-me, arrumei o saco, peguei no secador, na escova e na bolsinha de maquilhagem, fui para a zona dos secadores, pus creme na cara, pus eyeliner e rímel, desembaracei o cabelo e sequei-o. No tempo que demorei a fazer isto tudo, uma senhora fez o seu penteado. Duas escovas penduradas no cabelo, ora seca uma, ora seca a outra, desenrola, torna a enrolar, torna a secar. Detalhe: só uma das tomadas está perto do espelho - precisamente a que a senhora estava a usar. Quem vier a seguir terá que tratar do assunto capilar sem rede, isto é, sem ver o que está a fazer. Com resultados peculiares. Ontem, por exemplo, fiquei com a franja meio no ar, uma coisa assim a fazer lembrar os ABBA back in the day. Depois para domar aquilo foi o cabo dos trabalhos, but who cares? A senhora já tinha o seu penteado... E aposto que hoje a vou ver novamente por lá, enrola uma escova, enrola a outra, seca uma, seca outra, desenrola e torna a enrolar...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!