-->

Páginas

05 dezembro 2014

Chegou aquela altura do ano...

Querido Pai Natal marido, este ano é isto:
1. Uma necessidade premente, já que a nossa está a pontos de se desconchavar. Bom, na verdade deixou foi de fechar. Serve, portanto, de ornamento à sala.

2. Podes ignorar, se quiseres. Posso pedir emprestado.

3. Pelas razões que tu conheces, é o meu objectivo para o ano que vem: fazer um curso de escrita de romance com o senhor Tordo. Preciso MESMO disto!

Portanto, na verdade, apresento-te duas necessidades e um gosto. O gosto é secundário. As necessidades são fundamentais.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!