-->

Páginas

19 março 2015

Super tu

No dia em que pegaste na mão dela e ela te apertou o dedo, eu soube. Soube que aquilo de que desconfiava há uma data de anos era verdade: tu ias ser um grande pai. Não me enganei.

És um super pai quando te ris com eles e quando os fazes rir.
És um super pai quando lhes ensinas coisas que os marcam.
És um super pai quando lhes mostras o orgulho que tens neles e eles incham de vaidade.
És um super pai quando lhes ralhas quando eles merecem.
És um super pai quando lhes contas histórias de quando eras miúdo (e quando as repetes até já estarmos todos fartinhos de as ouvir).
És um super pai quando os levas a passear.
És um super pai quando os ensinas a andar de bicicleta.
És um super pai quando os ajudas a perder os medos.
És um super pai quando os ensinas a serem mais independentes.
És um super pai quando os aconchegas a meio da noite, quando ainda temos uma data de horas para dormir e tu já estás de saída para ir trabalhar.
És um super pai quando não estás com eles o tempo que querias porque estás a trabalhar por nós, para nós.
És um super pai quando me abraças e os deixas separar-nos com um "furacão" dos deles.
És um super pai quando lhes acalmas as birras.
És um super pai quando os separas nas guerras deles.
És um super pai quando os ajudas a crescer.
És um super pai quando lhes dizes que os amas.
És um super pai quando me dizes que querias muito ter mais um filho (desculpa!).
És um super pai quando gastas minutos dos teus dias a olhar para as fotografias deles que tens na secretária (sim, eu sei que fazes isto, escusas de fingir que não!).
És um super pai quando me ligas para avisar que está frio e que é melhor acrescentar mais uma camisola.
És um super pai quando pedes desculpa quando erras.
És um super pai quando lhes fazes as vontades (embora eles nem sempre mereçam).
És um super pai quando és tu, com eles, o teu coração inteiro nas mãos deles, a tua vida inteira dividida entre eles.

Mais do que um super pai, tu és um super tu e é por isso que te amamos tanto (sim, eu também, embora não seja tua filha!).

Feliz Dia do Pai!!

3 comentários:

  1. Adoro!! Está lindo! O Vitor é um super pai e tu uma super mãe! :P*:*

    ResponderEliminar
  2. Mais do que uma homenagem ao pai dos teus filhos.... vi aqui, de forma muito clara, uma declaração de amor! :)
    Parabéns aos 2! :)

    ResponderEliminar

Obrigada!