-->

Páginas

07 julho 2015

Dreams DO come true!

Quando deixei o Karate, por força de ter engravidado - e já depois de ser mãe, quando voltei e tornei a abandonar - dizia, em jeito de brincadeira, que voltaria a treinar um dia, se algum dos meus filhos quisesse praticar a modalidade. Nunca forcei nada, nunca fui de andar a falar no assunto. A minha filha chegou a ir ver um ou dois treinos meus, mas era pequenina e não ligou nenhuma.

Há dias, no casamento do meu melhor amigo (post sobre isto em falta!), estava lá uma menina (que encontramos sempre nas festas das miúdas do casal - a minha afilhada e a irmã, portanto) que ia fazer exame para cinto castanho. E eis que a minha miúda fica encantada com a ideia... e eis que, desde esse dia, ainda não se calou. O facto de ter descoberto que a menina treinava precisamente com os meus Senseis só "agravou" a situação. E, portanto, tenho a missão de descobrir onde e quando e a que horas é que há treinos de infantis... e de adultos. Porque, se eu puder, volto com ela. E havemos de chegar as duas ao nosso limite... (que não tem limites, obviamente!).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!