-->

Páginas

02 julho 2015

Em dívida

Estou em dívida com uma série de posts que quero escrever - que preciso de escrever - mas o tempo não estica. E o meu tempo - o tal que não estica - tem sido estrangulado entre tratar da casa, dos miúdos e do trabalho. Sim, isto de trabalhar é maravilhoso - MA-RA-VI-LHO-SO! - mas adiciona uma parcela pesada à minha equação. Ainda assim, não trocava isto por nada. Estou nas nuvens. E mereço, caraças! Tenho a certeza disso e não duvido de que fiz a escolha certa, no momento certo.

[Claro que o cansaço é uma "novidade", mas o sorriso com que acordo de manhã é impagável.]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!