-->

Páginas

21 janeiro 2016

5 anos

Hoje, o puto mais fixe do mundo faz cinco anos. Cinco anos de "adoro-te muito, mãe"; cinco anos de "eu nasci da tua barriga?"; cinco anos de "se tu não fazes o que eu quero é p'uque tu não gostas de mim"; cinco anos de "ó mãe, a Leonor bateu-me"; cinco anos de "gosto tanto destes miminhos, mamã". Cinco anos dos melhores beijinhos, dos melhores abraços, da melhor conchinha, do melhor colinho, do cheirinho mais doce, do olhar mais meigo, da voz mais querida, do amor mais bonito.

Cinco anos do meu menino que é mesmo, mesmo a pessoa mais doce que conheço.

Parabéns, meu Deco!

1 comentário:

Obrigada!