-->

Páginas

04 janeiro 2016

Uma pequena surpresa

Sabe-me bem sentar-me na cama, portátil no colo, a ver episódios do Scandal (tenho uma temporada e 2/3 em atraso) ou a ver um filme. Ontem foi dia de cinema-no-colo. E depois de um filminho dinamarquês, muito noir (e kinda previsível, mas mesmo assim muito bom), bati com os olhos nisto, no IMDB, e arrisquei.
Não sei se isto chegou a estar cá, nos cinemas. Não me lembro de ouvir falar deste filme, mas é possível que me tenha passado ao lado. Não sei. Sei que ia com as expectativas baixinhas, baixinhas. A história não é inédita: dois estranhos conhecem-se numa situação inusitada e, por força das circunstâncias, acabam por passar uma noite juntos ("Before Sunrise" aqui a aparecer como pano de fundo, não é?). Previsível? Pois... not really. O que é que está bellow the surface, então? Para começo de conversa, uma banda sonora muito boa. Depois, um actor/realizador que arrisca: os planos são bonitos, a fotografia toca um realismo cru e ao mesmo tempo doce. Nova Iorque aparece aqui sob um olhar de quem a vive por dentro e não sob aquele olhar movie-made, que acho que já toda a gente conhece. Aqui não andamos nos sítios icónicos. Andamos nos bairros mais refundidos, cheios de gente normal. Muito pouco glamouroso, muito pouco cinematográfico, se quisermos. E tão melhor. Eles, enquanto par, funcionam muito bem. São uma dupla girl/boy next door, despretenciosos, absolutamente comuns. E estão muito à altura da tarefa, na minha opinião.
Isto não é sobre encontrar o amor numa estação que está a fechar. É sobre encruzilhadas, possibilidades, indecisões, mágoas, passados mal resolvidos, o que poderia ter sido. E é sobre o futuro que se abre à tua frente, se estiveres disposto a vê-lo. Isto é sobre todos nós.

"I'm the girl who recognized love and jumped." - Brooke

5 comentários:

  1. Vi o ano passado e também gostei muito.

    ResponderEliminar
  2. Vou ver se encontro o filme em streaming para ver. I am/want to be that kind of girl, da última frase.

    Obrigada pela dica.

    ResponderEliminar
  3. Este livro revelou-se uma boa surpresa também para mim, tornou-se num dos meus preferidos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Vou ver, claro. Esse e o outro! ;)

    ResponderEliminar
  5. Também faço o mesmo, na cama de portatil no colo. Tãaaooo bom nestes dias de inverno.
    Não conhecia este filme, mas vou ver :)


    Blog - Desabafos e Coisas

    ResponderEliminar

Obrigada!