-->

Páginas

11 maio 2017

| 6 |

Alice gostava do frio. No Inverno, deixava-se ficar nua deitada na cama, apenas um lençol a cobri-la, para que o frio a devorasse devagarinho. Não se mexia. Esperava que o frio a cercasse e depois, mesmo que tentasse, já não conseguia mexer-se. Sabia que estava roxa. Hipotermia. Para ela, sinal maior de que ainda vivia, já que nada mais a fazia sentir coisa nenhuma.
No Verão, mantinha-se à sombra. Procurava águas geladas, não temia banhos de mar. Contava os dias que faltavam para que fosse de novo Outono e o frio regressar com força, para a fazer voltar a viver.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!