-->

Páginas

03 julho 2018

Frustrações

Fui de férias para o Algarve pela última vez em 2008. Dez anos sem fazer férias fora de casa - descontando a terra do ex-marido e a terra dos meus pais, que era o mesmo que estar em casa. Foi a crise. Foi não ter dinheiro. Foi voltar a ter dinheiro e tentar equilibrar finanças da altura em que não havia dinheiro. Foi o divórcio. Não ter dinheiro novamente. Não conseguir poupar. Contas a zeros todos os meses. Andar sempre com a corda na garganta. Não vivo à grande, nem nada que se pareça. Mas vou ter de me deixar de extras durante um ano, para ver o que acontece. Consegui fazer isto antes. Vivi tipo monja enclausurada. Vou ter de o fazer novamente, para ver se me reequilibro e se deixo de sentir que ando sempre no vermelho.

A única coisa que vou manter é o ginásio, a bem da minha sanidade mental.

Cortes sem apelo nem agravo em roupa, sapatos e afins; saídas; jantares e almoços fora; voltas de carro desnecessárias. Vou obrigar-me a pôr dinheiro de lado todos os meses (garantindo que os meus filhos não são prejudicados em nada e que há sempre latas de atum para mim). Vou obrigar-me a dizer que não a tudo. Vou obrigar-me a cortar em tudo e mais alguma coisa.

No ano que vem quero pegar nos miúdos e ir pelo menos 3 ou 4 dias para fora daqui. Estou a enlouquecer com isto, sempre igual, não sinto nunca que consigo desligar, nunca descanso, nunca respiro. E preciso. Preciso mesmo.

Um ano a apertar. Começa hoje. a ver se me lembro de depois contar como correu.

(E se houver truques extra, avisem. É tudo bem-vindo!)

5 comentários:

  1. eu coloco de parte... mesmo! tiro da conta e meto numa lata/mealheiro. de outra forma não consigo juntar.
    boa sorte! ;)

    ResponderEliminar
  2. Já estive assim, e tudo melhorou... é preciso é tentar não entrar numa espiral de negatividade senão perdemos as forças que são tão necessárias!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Eu faço orçamento de quanto quero gastar e divido por doze e todos os meses no inicio ponho de parte o valor correspondente. Faço isso para todas as despesas extras que tenho durante o ano (seguros, carros, etc)... Boa sorte!

    ResponderEliminar
  4. Retirar o dinheiro à partida, nem que seja pouco, o que funcionar para cada um. Aqui é assim. Boa sorte!

    ResponderEliminar
  5. Eu uso um excel onde coloco logo o dinheiro para as despesas certas (renda de casa, alimentação, contas da casa, ginásio e gasolina, pagamento a ordem, passe de transportes publicos). depois tiro obrigatoriamente pro lado alguma quantia (sejam 20 euros, 50 euros, 100) e desenrasco o resto do mes com o que fica. Assim não há desculpas =) . Não é fácil mas faço sito desde que comecei a trabalhar.

    ResponderEliminar

Obrigada!