-->

Páginas

24 outubro 2018

New beginnings - o rescaldo

Imaginem um peixe e o mar imenso: fui eu, ontem. Em casa. Perguntaram-me no final: estavas nervosa? Nada. Zero. Porquê? Porque estava confiante do que estava a fazer. Quando o coração bate no sítio certo, não há por que estar nervosa.

Aconteceu tudo meio de surpresa e talvez daí a tranquilidade - não tive muito tempo para pensar em nada, na verdade. As minhas condições não eram as ideais, mas fui mesmo assim e fiz o que pude. A apalpar terreno. Houve sorrisos. Meus e não só.

Saí dali com vontade de continuar, de não parar e de crescer. Volto na semana que vem. E vai ser ainda melhor...

(A quem torceu por mim, obrigada mesmo!!! Vou continuar a precisar de vocês desse lado... e deste, também!)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada!