-->

Páginas

05 fevereiro 2019

In the womb


Faz hoje dois anos que acabei de escrever o meu primeiro livro. Tinha imposto o deadline para uma semana depois, mas consegui acabar antes. Fechar a página foi um misto de sentimentos. A felicidade extrema por ter conseguido contar exactamente a história que eu queria; o medo de não saber o que viria a seguir.

E a seguir não veio nada. Alguns amigos que acompanharam o processo de escrita dele leram-no. Sei que não o enviei a todos os que mo pediram. Enviei-o a algumas pessoas que nunca mo pediram e que talvez tenham sido surpreendidas com isto. De todas as pessoas que o leram tive a mesma reacção: o desejo de que ele seja publicado. 

A seguir não veio nada. Esteve meio ano parado na pilha do Prémio Leya, apesar de eu saber que não era o género do que costuma vencer ou chegar a finalista. Mesmo assim arrisquei.

A seguir não veio nada. Depois de saírem os resultados do Prémio, enviei o manuscrito para algumas editoras. Sem resposta até agora. 

É possível que o meu livro se mantenha onde está: por ler, perdido em gavetas e estantes. Não faz mal. A minha missão está cumprida: escrevi a história que viveu dentro de mim durante tanto tempo. E sou muito grata a todos os amigos que gastaram algumas horas com esta história, deixando outros livros já editados, escritor por autores já com nome feito, por ler enquanto leram o meu. Sou mesmo muito grata a quem, sem obrigação nenhuma, não me deixou a ganhar pó na pilha de "livros" por ler.

Há dois anos, respirei de alívio. Hoje, gostava mesmo de já ter isto encaminhado. Mas, pelos vistos, isto não é para ser...

2 comentários:

  1. Por acaso já me tinha perguntado o que era feito do livro, pois nunca vi a capa dele aqui publicada nem onde estava à venda. Que pena não ter tido o sucesso que devia (pelas partes que ia publicando achei muito giro).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei ainda o que vai acontecer. Até gora não houve respostas positivas, mas também não houve nenhuma resposta negativa. Portanto... tudo pode acontecer... ;)

      Eliminar

Obrigada!