-->

Páginas

19 fevereiro 2019

Séries: o que ando a ver


Façam um favor a vocês mesmos, larguem tudo o que estiverem a fazer e tratem de ver isto. Não interessa se têm filhos a rondar a idade destes miúdos, não interessa se nunca hão-de ter filhos, não interessa se estão mais perto da idade destes do que da minha. Vejam isto. É das melhores coisas - senão mesmo a melhor - que vi nos últimos tempos. Chapadas de luva branca em barda ali pelo meio. Muitos abre-olhos. E até para quem, como eu, tem uma mente aberta e não está cá com merdas, é uma série cheia de mensagens importantes, que tocam no nervo certo.


Já tinha visto o primeiro episódio "por aí". Mas a HBO estreou-se em Portugal e... bom, vai ser um mês intensivo ao nível das séries, está bom de ver. Portanto, aqui temos duas mulheres em modo braço de ferro. A que mata e a que procura. A bestinha e a instável. Uma luta de gigantes que ainda não percebi como vai acabar mas... bom, despachei quatro episódios logo no primeiro dia (e tinha vindo de uma sessão de cinema dupla, portanto ecrãs era coisa que não me apetecia por aí além...).

A seguir em fila de espera tenho Sharp Objects e Little Big Lies, tudo na HBO. Na Netflix... já perdi a conta. Andei a ver uma série de documentários sobre - adivinhem - serial killers e afins. Que vício! (E porque Netflix não é suficiente... temos sempre o Youtube. Ando fascinada com um caso real, que aconteceu há 10 anos. Se a vossa cena também são psicopatas e sociopatas, procurem por Jodi Arias. De nada.)

1 comentário:

  1. um dia destes tens de te voltar também para os podcasts. Vai ao parcast.com, têm montes de podcasts sobre serial killers, crimes passionais, assassinatos mediáticos... com excelentes locutores. Aposto que não te vais arrepender! ;)

    ResponderEliminar

Obrigada!