Apocalipse Now: as saudades

março 30, 2020


Dos meus pais. Não há nada que me esteja a custar tanto como não estar com eles. Não vejo a minha mãe há 17 dias. Coisa de menina mimada, talvez, mas eu nunca estive 17 dias sem ver os meus pais. Aliás, minto: estive, sim, senhor. Quando era pequena e a minha mãe me recambiava para o Alentejo, parar passar os três meses das férias de Verão. Mas desde os meus 6 ou 7 anos que isso não acontece. Portanto, sim, estou com umas saudades absurdas dos meus pais. E falo com eles todos os dias e até já fizemos videochamadas. Não é a mesma coisa. Mas é o que tem de ser.

Dos avós. Os meus filhos, habituados a estarem mais tempo com os avós do que comigo, estão ainda com mais saudades deles. O meu filho já só pede para eles virem cá, porque estamos todos trancados há 17 dias e ninguém tem sintomas de nada. 

Não sei quanto tempo mais isto vai durar. Mas sei que, assim que acabar a quarentena, a primeira coisa que eu faço é ir voar daqui com os miúdos para irmos abraçar os meus pais. Falta menos um dia. Está quase.

You Might Also Like

1 comentários

Obrigada!

GoodReads Challenge

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Lénia has read 29 books toward their goal of 40 books.
hide

Instagram

Parceria

Subscribe