Tempo

junho 08, 2020



Vejo-a olhar-me quase frente a frente, mas ignoro. Vejo que já não preciso de me baixar para conversar com ele, mas ignoro. Assobio para o ar. São os meus meninos. Pequenos. Bebés de colo (ele ainda muito de colo, literalmente, porque não perde uma oportunidade para se enroscar em mim). 

Mas não são. Cresceram. Dois anos e oito meses separam estas fotos. Dois anos, oito meses e muitos centímetros, na verdade.

Ela está ali no limbo entre a infância e a adolescência. E eu não tenho pressa nenhuma em vê-la crescer. Digo-lhe muito que vai ter saudades de ser assim, pequenina e livre de responsabilidades. Ela não acredita. Tem pressa. Quer abrir as asas. Eu respiro fundo porque ainda não a quero ver voar. Mas deixo-a ir indo. Devagarinho.

Ele ainda tem tanto de menino pequeno. Enternecem-me os beijinhos dele, os "ó mamã" constantes, os "amo-te muito" a toda a hora. Sou uma sortuda - tenho um filho que se declara todos os dias, inúmeras vezes. 

Cresceram. E eu cresci com eles. Erro muito. Falho muito. Eles perdoam. Tentam entender. Eu culpo-me. A culpa, sempre a culpa. O perfeccionismo. A certeza de que não sou suficiente, por mais que faça, por mais que tente, por mais que me esforce. A eles, basta-lhes o colo disponível. E é a isso que me agarro. A isso e à certeza de que dou sempre o melhor de mim, mesmo que isso não chegue. 


You Might Also Like

0 comentários

Obrigada!

GoodReads Challenge

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Lénia has read 29 books toward their goal of 40 books.
hide

Instagram

Parceria

Subscribe