Sugestões à Sexta... à Segunda

agosto 03, 2020

A semana passada foi das coisas mais estranhas dos últimos tempos. Não foi um estranho-mau, entendam-me. Foi só estranho-já-não-sei-para-onde-me-virar. Mas sobrevivi. Fiquei foi em falta aqui no blog, portanto é tempo de retomar. E retomo pelo fim: as sugestões que devia ter feito na sexta saem hoje. Sempre a tempo, hein?

Abe é um miúdo de 12 anos, de Brooklyn, que adora cozinhar e que o faz na tentativa de unir a sua família, que é metade israelita e metade palestiniana. Isto tem tudo para correr bem, não tem? Pois. E não corre. Mas é uma delícia ver como a comida junta (e, às vezes, separa) as pessoas e ver a maneira como uma paixão nos leva através do caminho que é o nosso. Para a vida. De bónus, Seu Jorge. Isso. O cantor. Uma ternura de filme.


Desconfio que, fosse eu americana, seria uma espécie de Michelle McNamara. "I'll Be Gone In The Dark" é uma série documental e acompanha as investigações não oficiais (porque a senhora não era detective, nem pertencia a nenhuma força policial; era uma mera civil com um pancadão igual ao meu por serial killers e gente doida no geral), feitas por ela, na tentativa de descobrir um assassino. Foi a investigação dela que levou à captura do Golden State Killer, mas, lamentavelmente, ela não sobreviveu para ver o homem ser encontrado e preso. Para quem gosta disto de serial killers e true crime, é imperdível.


Na semana passada, dei um salto à Ler Devagar com a minha Lia e acabámos a tirar meia dúzia de fotografias. Um "agarra aí num livro qualquer e finge que estás a ler" fez com que eu procurasse qualquer coisa que, efectivamente, fosse o tipo de coisa que eu leria. Bati com os olhos neste livro na secção de Psicologia. Veio comigo, claro. São histórias verídicas de uma psicóloga forense inglesa, que trabalha há mais de 20 anos com psicopatas e com vítimas de crimes muito violentos. Mais uma vez, a minha pancada por gente desequilibrada a fazer estragos na minha vida. Neste caso, foi só na minha carteira. Mas está a ser uma leitura super interessante... e não está a ajudar a sossegar o meu fascínio por este tema. Bem pelo contrário, está a fazer-me querer saber mais... e mais... e mais... (e, nos livros, tudo bem; o problema é quando me deparo com gente assim, na vida real. Acreditem que há disto por aí... e que são mais perigosos do que aparentam, embora pareçam inofensivos. Não são. Por isso, friendly advice, meio a despropósito: se baterem de frente com um psicopata/sociopata/narcisista/manipulador, fujam. Mas fujam mesmo. Não fiquem para ver se eles são mesmo como nos filmes. São. Às vezes, são ainda piores. Porque não estão do lado de lá da tela e não "acabam" quando passam os créditos finais do filme ou quando se lê a última página).

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada!

GoodReads Challenge

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Lénia has read 29 books toward their goal of 40 books.
hide

Instagram

Parceria

Subscribe