Sobre mim


Filha única. Companhia preferida quando não estava com os meus primos? Os livros. Sempre os livros. A minha mãe detestava que eu adoecesse porque isso significava um livro lido até à hora de almoço e outro durante a tarde (e era ela que mos comprava). Eu adorava estar doente pela mesma razão.

Aos 10 anos, escrevi a minha primeira história. E apaixonei-me pela escrita. O sonho de ser escritora nasceu assim, cedo, e foi crescendo comigo. Continuei a escrever. Passei pela poesia: Depois vieram os contos. Alguns foram publicados no extinto DNJovem. Depois vieram os blogs e vários projectos ligados às palavras, entre eles a (já extinta) revista online Papel.

Em 2012, comecei a escrever o meu primeiro livro. Demorei cinco anos a terminá-lo. Não tenciono demorar mais cinco anos a escrever o próximo. 

Sou muitas coisas além de escritora, mas nenhuma me apaixona tanto quanto esta.

Subscribe